Página principal
Odebrecht

STF determina liberação de mais de R$ 2 bilhões da Odebrecht

2/09/2016 - 12:18 |

 

REDAÇÃO

Em decisão tomada na última quarta-feira (31), o ministro do Supremo Tribunal Federal, Marco Aurélio Mello, determinou  o desbloqueio de mais de R$ 2 bilhões Odebrecht. De acordo com a decisão, o dinheiro é oriundo de contratos da refinaria de Abreu e Lima, em Pernambuco. O bloqueio do valor, estimado como o prejuízo causado aos cofres públicos por conta do suposto superfaturamento, foi determinado pelo Tribunal de Contas da União há duas semanas. No entanto, a Odebrecht alegou que não pode haver sanção antes da comprovação do rombo.  Foi então que o ministro julgou que o TCU não poderia realizar… Leia mais

TAGS:

TCU determina bloqueio de bens de empresas e ex-dirigentes da Petrobras

18/08/2016 - 14:08 |

 

REDAÇÃO

O Tribunal de Contas da União (TCU) determinou na quarta (17) o bloqueio de bens do ex-presidente da Petrobras José Sergio Gabrielli e de ex-dirigentes da empresa. Também foi determinado o bloqueio de bens das empresas OAS e Odebrecht, bem como de executivos da empresa, incluindo o empresário Marcelo Odebrecht, preso na Operação Lava Jato. O bloqueio de bens, no montante de R$ 2,1 bilhões, tem duração de um ano e tem como objetivo ressarcir a Petrobras de prejuízos com superfaturamentos em obras da Refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco. Segundo o ministro Benjamin Zymler, relator do processo, José Sergio… Leia mais

TAGS:

Juiz Moro declara sigilo em ‘superlista’ de doações da Odebrecht

23/03/2016 - 17:01 |

 

REDAÇÃO

O juiz federal Sérgio Moro decidiu colocar em segredo de Justiça uma lista de pagamentos a cerca de 200 políticos, apreendida em uma busca da Polícia Federal na casa de Benedicto Barbosa Silva Junior, presidente da Odebrecht Infraestrutura. Na lista – cujo conteúdo ainda não está confirmado como propina – constam 25 políticos baianos. Leia mais

TAGS:

MPF pede que empresas investigados devolvam R$ 7,3 bilhões à Petrobras

14/03/2016 - 18:29 |

 

REDAÇÃO

A força-tarefa do Ministério Público Federal (MPF) que atua nas investigações da Operação Lava Jato ajuizou ação de improbidade administrativa contra a empreiteira Odebrecht, ex-executivos da empresa e ex-diretores da Petrobras. Na ação, o MPF pede que todos os citados devolvam R$ 7,3 bilhões e fiquem proibidos de contratar com a administração pública. A ação foi ajuizada no último sábado (12). De acordo com o MPF, há evidências de que a Odebrecht, isoladamente ou por meio de consórcios, pagou propina em 12 obras da Petrobras, entre elas a Refinaria Abreu e Lima e o Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro… Leia mais

TAGS:

Juiz da Lava Jato manda soltar executivo da Odebrecht após quatro meses de prisão

19/10/2015 - 18:32 |

 

REDAÇÃO

O juiz federal Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, mandou soltar nesta segunda-feira (19) Cesar Ramos Rocha, um dos ex-executivos  da empreiteira Odebrecht presos na 14ª fase da Operação Lava Jato, deflagrada no mês de junho. Na decisão, Moro explicou que a prisão de Rocha pode ser convertida em medidas cautelares porque o investigado não oferece mais riscos às investigações. O juiz também citou decisão do Supremo que, na semana passada, determinou a soltura de Alexandrino Ramos da Alencar, outro ex-diretor da Odebrecht. Cesar Ramos Rocha deverá comparecer mensalmente à Justiça, não poderá mudar de endereço sem autorização… Leia mais

TAGS:

Propina na compra da refinaria de Pasadena financiou reeleição de Lula, afirma Nestor Cerveró

12/09/2015 - 10:06 |

 

REDAÇÃO

Cerca de R$ 4 milhões originários do contrato celebrado entre a construtora Odebrecht e a Petrobras na ocasião em que a petroleira adquiriu a refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos, financiaram a campanha de reeleição de Luiz Inácio Lula da Silva à Presidência da República, em 2006. Quem garante é o ex-diretor internacional da estatal Nestor Cerveró, através de delação premiada aos integrantes da força-tarefa da Operação Lava Jato. Leia mais

TAGS:

Odebrecht desmente acordo para pagar salário de argentino no Bahia

15/05/2014 - 18:39 |

 

REDAÇÃO

O sonho do torcedor tricolor e ter um “camisa 10″ de peso pode desmoronar caso o tricolor não encontre outras garantias de que o meia argentino Leandro Romagnoli, atualmente jogando pelo San Lorenzo, o “time do Papa Francisco”.  A Odebrecht, apontada pela diretoria como financiadora da negociação, desmentiu, esta semana, qualquer acordo para bancar salários de jogadores. Administradora das arenas Fonte Nova, Pernambuco e Maracanã, a empresa é constantemente apontada pelos clubes como avalista de negociações para contratar reforços. Em nota divulgada na quarta-feira (14), a construtora negou, por meio de nota, a informação de que pagaria os salários do… Leia mais

TAGS:

Empresas são condenadas por abuso na jornada de trabalho

27/07/2013 - 9:01 |

 

REDAÇÃO

Três empresas que compõem o Consórcio Rio Paraguaçu foram condenadas pela Justiça do Trabalho na Bahia a pagar R$ 1 milhão por danos morais coletivos por adotarem a prática de estender as jornadas de trabalho para muito além dos limites da lei. A ação civil pública (ACP) movida pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) de Santo Antônio de Jesus (BA) na Vara do Trabalho de Cruz das Almas aponta casos em que funcionários permaneciam até 18 horas trabalhando. Leia mais

TAGS:

Operário de 19 anos morre atropelado em obras do metrô do Rio de Janeiro

27/04/2012 - 17:01 |

 

REDAÇÃO

Um rapaz que trabalhava nas obras de expansão do metrô da Avenida General Osório, no Rio de Janeiro, morreu ao ser atropelado por um caminhão, por voltas das 7h desta sexta (26). De acordo com informações da construtora Odebrecht, responsável pela obra, Jamerson Douglas do Nascimento, de 19 anos, entrou em um local onde um caminhão começava a sair em marcha ré e foi atropelado. Jamerson ainda chegou a ser levado para um hospital da Zona Sul do Rio, mas não resistiu aos ferimentos, morrendo pouco tempo depois. A Odebrecht lamentou a morte do operário e disse que prestará a… Leia mais

TAGS:

Pressionado pela Petrobras, Consórcio Rio Paraguaçu exige de operários jornada de até 18 horas

8/03/2012 - 9:04 |

 

LENILDE PACHECO

Pressionado pela Petrobras para concluir as obras em prazo inferior ao previsto, o Consórcio Rio Paraguaçu (Construtoras Odebrecht, Queiroz Galvão e UTC Engenharia) foi flagrado por fiscais do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), ao longo de 2011, exigindo dos seus empregados jornadas superiores a dez horas diárias. Em alguns casos, foram identificados operários cumprindo jornadas de até 18 horas diárias, com um total de 125 horas extras por mês. Leia mais

TAGS:

© Copyright 2010, Tempo Exato Comunicação - Proibida a reprodução total ou parcial.