Página principal
João Paulo Cunha

Supremo perdoa pena do ex-deputado João Paulo Cunha

10/03/2016 - 17:11 |

 

REDAÇÃO

Por unanimidade, o Supremo Tribunal Federal (STF) concedeu, nesta quinta-feira (10), indulto de pena ao ex-deputado federal João Paulo Cunha, condenado em 2013 no processo do mensalão. Cunha foi condenado a seis anos e quatro meses de prisão e, atualmente, cumpre prisão em regime aberto. Com a decisão, o ex-parlamentar recebe perdão do restante da pena e não deve mais nada à Justiça. Leia mais

TAGS:

Ministro do STF nega pedido de prisão domiciliar a João Paulo Cunha

2/12/2014 - 21:39 |

 

REDAÇÃO

  O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou pedido de prisão domiciliar apresentado pela defesa do ex-deputado João Paulo Cunha. Em decisão proferida na última segunda-feira (1º), Barroso, que é o atual relator da Ação Penal 470, o processo do mensalão, avaliou que, embora Cunha já tenha cumprido um sexto da pena, deixou de reparar o dano. O ex-deputado foi condenado a seis anos e quatro meses pelos crimes de peculato e corrupção passiva, inicialmente em regime semiaberto, e também ao pagamento de multa de R$ 536,4 mil. Na decisão, Barroso argumentou que, apesar de o… Leia mais

TAGS:

STF absolve ex-deputado João Paulo Cunha do crime de lavagem de dinheiro

13/03/2014 - 17:52 |

 

REDAÇÃO

A maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) votou pela absolvição do ex-deputado federal João Paulo Cunha (PT-SP) do crime de lavagem de dinheiro no processo do mensalão. Os ministros entenderam que Cunha não escondeu a origem do dinheiro recebido pelo publicitário Marcos Valério. Ao todo, foram seis votos pela absolvição e quatro contrários. O presidente do STF, Joaquim Barbosa, não participou do julgamento. Votaram pela absolvição de Cunha os ministros Luís Roberto Barroso, Teori Zavascki, Rosa Weber, Dias Toffoli, Marco Aurélio e Ricardo Lewandowski. Os votos contrários foram dos ministros Luiz Fux, Cármen Lúcia, Gilmar Mendes e Celso… Leia mais

TAGS:

STF condena João Paulo Cunha a 9 anos e 4 meses; Roberto Jefferson pega 7 anos e 10 dias

28/11/2012 - 19:37 |

 

REDAÇÃO

Último dos réus no processo do mensalão a ter a pena definida pelo Supremo Tribunal Federal (STF), o deputado federal petista João Paulo Cunha (foto), ex-presidente da Câmara dos Deputados, foi condenado nesta quarta-feira (28) a 9 anos e 4 meses de reclusão, mais multa de R$ 370 mil, por corrupção passiva, peculato e lavagem de dinheiro. Na mesma sessão, o STF condenou o ex-deputado federal Roberto Jefferson (PTB-RJ) a 7 anos e 10 dias de prisão. Ele teve a pena reduzida por ter denunciado e levado a público, em 2005, o esquema do mensalão. Leia mais

TAGS:

Deputados só serão afastados após término do julgamento do mensalão, diz Marco Maia

23/10/2012 - 20:24 |

 

REDAÇÃO

O presidente da Câmara dos Deputados, Marco Maia, afirmou nesta terça (23)  que os deputados envolvidos no processo do mensalão só serão afastados após o término do julgamento do caso no Supremo Tribunal Federal (STF). Três parlamentares foram considerados culpados das acusações de envolvimento no esquema de compra de votos parlamentares no governo Luiz Inácio Lula da Silva (2003-2010): João Paulo Cunha (PT-SP), Pedro Henry (PP-MT) e Valdemar Costa Neto (PR-SP).   Marco Maia explicou que o afastamento dos parlamentares só pode ser pedido pela Mesa Diretora da Câmara ou pelos partidos. O julgamento está em fase final, mas a… Leia mais

TAGS:

Lula de volta aos palanques

1/09/2012 - 7:54 |

 

REDAÇÃO

Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva participou, em Belo Horizonte, de seu primeiro comício após o tratamento contra o câncer na laringe, sem citar o mensalão. Leia mais Leia mais

TAGS:

Petista retira candidatura

30/08/2012 - 19:39 |

 

REDAÇÃO

Deputado federal João Paulo Cunha (PT-SP) comunicou ao PT a sua decisão de retirar a candidatura à Prefeitura de Osasco; será substituído pelo vice Jorge Lapas. Leia mais

TAGS:

Maioria dos ministros condena João Paulo Cunha pelo mensalão

30/08/2012 - 0:07 |

 

REDAÇÃO

Com o voto do ministro Gilmar Mendes, na tarde desta quarta (29), o placar de 6 votos a 2, define a condenação pelo Supremo Tribunal Federal (STF) do deputado federal João Paulo Cunha (PT-SP) pelo crime de corrupção passiva relacionado ao mensalão. Pouco antes, o ministro Cezar Peluso votou pela condenação de João Paulo (PT-SP) por corrupção passiva e peculato (desvio de dinheiro). Leia mais

TAGS:

STF: Revisor livra João Paulo

24/08/2012 - 0:04 |

 

REDAÇÃO

Ministro Ricardo Lewandowski, revisor do processo do mensalão no STF, votou hoje (23) pela absolvição do réu João Paulo Cunha do crime de corrupção passiva. Leia mais

TAGS:

Réu do mensalão, petista João Paulo Cunha diz que tem “as mãos limpas”

9/07/2011 - 14:14 |

 

REDAÇÃO

O deputado federal João Paulo Cunha (PT-SP), um dos réus do mensalão, disse que responderá ao processo no Supremo Tribunal Federal (STF) com “serenidade e confiança na Justiça”. Por meio de nota, o presidente da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados afirmou ter “as mãos limpas” e que já foi absolvido pelo plenário da Câmara da acusação de envolvimento no esquema de pagamento de propina a parlamentares da base aliada em troca de apoio político, no primeiro mandato do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Cunha é um dos 37 réus que tiveram o pedido de condenação… Leia mais

TAGS:

© Copyright 2010, Tempo Exato Comunicação - Proibida a reprodução total ou parcial.