Página principal
filho

Filho de cineasta Eduardo Coutinho diz na Justiça que matou pai por impulso

3/07/2014 - 9:29 |

 

REDAÇÃO

O filho do cineasta e documentarista Eduardo Coutinho, morto em fevereiro deste ano, Daniel de Oliveira Coutinho, foi ouvido na quarta-feira (2) no 1º Tribunal do Juri do Rio de Janeiro, e disse que agiu por impulso ao matar o pai. Ele foi preso em flagrante, e responde pelos crimes de homicídio qualificado e tentativa de homicídio, pois também tentou matar a mãe, Maria das Dores Coutinho. Daniel confirmou ao juiz Fábio Uchôa ter esfaqueado os pais, por impulso. Contou que sofria de síndrome do pânico e que, por intuição, raspou a cabeça dias antes do crime. Nela, teria percebido… Leia mais

TAGS:

© Copyright 2010, Tempo Exato Comunicação - Proibida a reprodução total ou parcial.