TCM condena Moema Gramacho a devolver R$ 180 mil aos cofres de Lauro de Freitas

1/03/2016 - 18:31 |

 

REDAÇÃO

O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) condenou, nesta terça-feira (1º), a ex-prefeita de Lauro de Freitas, Moema Gramacho, por irregularidade nos pagamentos de subsídios de secretários municipais em 2011.

Na decisão, o relator do parecer, conselheiro Paolo Marconi, determinou a restituição aos cofres municipais no montante de R$ 181.045,12, com recursos pessoais, e aplicou multa de R$ 3 mil a hoje deputada federal pelo partido dos Trabalhadores.

Durante a análise das contas de 2011, os técnicos do TCM constataram que foram pagos a Luiz Cláudio Souza, Paulo Roberto Mendes, Abraão Barros Santos e Roque Fagundes Neto valores superiores aos R$ 7.500 mil mensais, fixados em lei municipal, somando um pagamento indevido no total de R$ 181.045,12.

De acordo com a decisão, a deputada não apresentou qualquer justificativa sobre os fatos apontados, deixando o processo correr a revelia. Segundo informações do TCM, Moema Gramacho ainda pode recorrer da decisão.

 

TAGS: