STF derruba lei que regulamentava vaquejadas e proíbe prática no país

7/10/2016 - 11:22 |

 

REDAÇÃO

O Supremo Tribunal Federal (STF) derrubou nesta quinta-feira (6) uma lei do Ceará que regulamentava a prática de vaquejadas no estado, tradição nordestina na qual um boi é solto em uma arena e dois vaqueiros à cavalo tentam derrubá-lo pelo rabo.

Por seis votos contra 5, os ministros consideraram que a atividade provoca sofrimento aos animais e, por isso, fere os princípios constitucionais de preservação ao meio ambiente.

O governo do Ceará argumentou que a vaquejada, além de fazer parte da cultural da região, é uma atividade econômica importante que movimenta cerca de R$ 14 milhões por ano.

Apesar de se referir ao Ceará, a decisão serve de referência para todo o Brasil, sujeitando os organizadores do evento a punição por maus tratos aos animais e crime ambiental.

TAGS: