Marco Prisco muda de hospital

15/05/2014 - 11:22 |

 

REDAÇÃO

Desembarque em Brasília no dia 18 de Abril de 2014 - Foto: Arquivo

Com quadro de saúde estável, o vereador Marco Prisco (PSDB), líder da greve da PM baiana, foi transferido do Hospital de Base para o Hospital Regional de Brasília. Por meio de boletim, os médicos explicam que, por não apresentar situação de risco, não havia necessidade do vereador permanecer na unidade.

Prisco foi internado há pouco mais de uma semana, após queixar-se de fortes dores no peito. De acordo com os médicos do Hospital de Base, havia suspeita de infarto. Além disso, o vereador apresentou sintomas de refluxo gástrico grave e úlceras.

Marco Prisco está preso, no Complexo da Papuda, em Brasília, desde o dia 18 de abril, quando comandou mais uma greve da Polícia Militar na Bahia. A prisão, entretanto, se deu por conta da greve liderada por ele em 2012. A justificativa da Justiça para prender o vereador é que ele infringiu a Lei de Segurança Nacional.

Supremo - O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), aguarda avaliação médica para se pronunciar a respeito do pedido de prisão domiciliar, feito pela defesa de Prisco. A solicitação anterior, de abril, foi rejeitada pelo ministro.

TAGS: