Orla de Itapuã já tem projeto

8/02/2014 - 20:01 |

 

REDAÇÃO

Mercado de Itapuã - perspectiva

Os projetos para a reurbanização do trecho da Orla em Itapuã e para a reconstrução do mercado do bairro foram apresentados à comunidade pelo prefeito de Salvador, ACM Neto, neste sábado (8), em reunião na sede do bloco carnavalesco Malê Debalê.

Os dois projetos, desenvolvidos pela Fundação Mário Leal Ferreira, terão licitações abertas já na próxima semana. O processo licitatório deverá durar 90 dias e a expectativa é que as obras comecem logo em seguida, ainda no primeiro semestre. O prazo previsto para execução ainda será avaliado e estipulado em contrato.

A reurbanização da Orla de Itapuã demandará cerca de R$ 10 milhões em recursos municipais e o mercado exigirá investimentos da ordem de R$ 4 milhões, sendo a maior parte do Ministério do Turismo, mas com uma contrapartida de cerca de R$ 500 mil da prefeitura.

“Um dos bairros mais tradicionais da cidade estava, infelizmente, há muito tempo esquecido pelo poder público. Itapuã, que é cantada no Brasil e no mundo, não pode ter essa fotografia de hoje. Por isso, estamos aqui apresentando de uma só vez investimentos para requalificação da Orla de Itapuã, valorizando as tradições do bairro, e do novo mercado, agora com projeto concluído. Serão cerca de R$ 14 milhões para transformar a fotografia do bairro”, disse o prefeito

Ele explicou ainda que as obras terão o mesmo padrão, ou até melhor, do que já vem sendo desenvolvido em outros trechos da Orla, que já conta com obras finalizadas na Boca do Rio e em execução na Barra, Ribeira e São Tomé de Paripe.

Orla – O projeto para reurbanização da Orla de Itapuã prevê intervenções em um trecho de cerca de 30 mil m², partindo da Pedra da Sereia, contemplando ciclovias, espaços para rodas de capoeira e para convivência de pescadores, pista tátil com demais elementos para garantia da acessibilidade, inclusive para acesso à praia, quiosques para venda de bebidas e comidas, além de equipamentos exclusivos para baianas de acarajé, área esportiva, equipamentos de ginástica e integração da praça da igreja com a orla através de um piso no mesmo nível. O piso intertravado será construído utilizando concreto e granito.

O novo Mercado de Itapuã contará com três pavimentos: o primeiro voltado para peixaria, respeitando a vocação do bairro para a venda de pescados; o segundo terá espaço para comércio de artesanato e outros produtos; e o terceiro será uma área de convivência com restaurantes e um pequeno palco destinado a apresentações culturais.