Jovens carentes assistem a partidas olímpicas na Arena Fonte Nova

10/08/2016 - 10:14 |

 

REDAÇÃO

A rodada dupla do futebol feminino dos Jogos Olímpicos Rio 2016, realizada na Arena Fonte Nova, nesta terça-feira (9), foi especial para 1,4 mil jovens carentes de Salvador e região metropolitana.

Atendidos pelos projetos desenvolvidos pelas Bases Comunitárias de Segurança (BCS) e por instituições filantrópicas apoiadas pelas Voluntárias Sociais da Bahia (VSBA), eles tiveram a oportunidade de assistir gratuitamente, das arquibancadas, às disputas entre Austrália x Zimbábue e Nova Zelândia x França.

Para alguns, esta foi a primeira ida a um estádio esportivo. “Já havia passado pela entrada da Fonte Nova, mas nunca tinha entrado no estádio. É enorme e lindo. Estou muito feliz com essa oportunidade. Vibração total. Estou participando das Olimpíadas. Jamais vou esquecer disso“, conta Beatriz Conceição, 21 anos, moradora do bairro da Santa Cruz.

Doze bases comunitárias foram contempladas com mil ingressos e as instituições apoiadas pelas VSBA receberam 400 entradas. Os ingressos foram distribuídos por meio do Programa Pacto Pela Vida, do Governo da Bahia, que desenvolve ações de inclusão social e desenvolvimento humano voltadas para a população vulnerável.

Entre os contemplados também estavam pacientes do Hospital Martagão Gesteira, do Grupo de Apoio à Criança Com Câncer (GAAC) e internos de creches e abrigos.

“As Voluntárias Sociais da Bahia atuam também com o viés de inclusão social. Imagina o quanto é enriquecedor para os jovens ter a chance de participar de eventos como este. É um modo de valorização da autoestima”, enfatiza Ana Cláudia Bonifácio, assistente social das Voluntárias.

TAGS: