Conselho Superior do MPF prorroga Lava-Jato até setembro de 2017

7/09/2016 - 10:22 |

 

REDAÇÃO

O Conselho Superior do Ministério Público Federal aprovou na terça-feira (6) a prorrogação por mais um ano da força-tarefa da Operação Lava Jato, em Curitiba. Os investigadores são responsáveis por investigação de fraudes na Petrobras. O prazo para que 11 procuradores se dedicassem exclusivamente às apurações da Lava Jato terminaria em 8 de setembro deste ano.

Com a prorrogação, a força-tarefa vai até setembro de 2017. Criada em abril de 2014, é composta, além dos onze integrantes fixos, pelo procurador Deltan Dallagnol, que comanda os trabalhos, e mais três colaboradores.

O conselho, presidido pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, também aprovou a prorrogação por mais três meses da força-tarefa que investiga fraudes na Eletronuclear, no Rio de Janeiro

TAGS: