Neville exonerado da Valec

11/08/2012 - 8:23 |

 

REDAÇÃO

Reuniões para 'destravar' a obra - Foto: Roberta Di Pierro

Assinada pelo presidente da Valec, José Eduardo Castello Branco, a exoneração do superintendente da Ferrovia Oeste-Leste, Neville Chamberlain, foi publicada no Diário Oficial da União e põe um ponto final a uma vasta rede de intrigas sobre desacertos de um dos principais interlocutores entre a bancada parlamentar da Bahia e a empresa que é vinculada ao Ministério dos Transportes.

A Valec Engenharia é responsável pela construção da Ferrovia Oeste Leste (Fiol), obra que se arrasta com problemas no projeto, paralisações e demissões nos canteiros das construtoras.

Nos últimos meses, a permanência de Neville no cargo era atribuída à força política do governador Jaques Wagner (PT). Isto porque, o apadrinhado do chefe do Executivo baiano teria conseguido sobrevivência extraordinária no cargo.

Esta semana, alguns parlamentares petistas ainda tentaram – sem êxito – interferir em favor de Neville, mas para o presidente Castello Branco, a situação administrativa era insustentável.

Havia queixas quanto à ineficiência de Neville até mesmo entre parlamentares da base de apoio do Governo Wagner. Deputados governistas atribuíam à Valec falta de empenho para remover obstáculos e agilizar o andamento da obra de construção da ferrovia.

Fogo amigo - Nos últimos meses, foram inúmeras as reunião, em Brasília, promovidas com o objetivo de tentar destravar a obra. Entre um encontro e outro, era inevitável a enxurrada de críticas, o fogo amigo, em direção a Neville. A exoneração põe fim à esta exaustiva fritura.

Reprodução do Diário Oficial da União

LEIA TAMBÉM:

Deputada Ivana Bastos cobra agilidade da Valec

 

TAGS: