Deputado baiano rebate críticas feitas a Dilma pela derrota da seleção

15/07/2014 - 20:36 |

 

REDAÇÃO

 

O deputado federal Valmir Assunção (PT-BA) rebateu as críticas feitas à presidente Dilma Rousseff pela derrota da seleção brasileira no jogo com a Alemanha, que determinou a eliminação do Brasil da disputa da Copa do Mundo.

“Disseram que não teria Copa, mas teve. Disseram que não teria mobilidade, e todos os turistas elogiaram o metrô de Salvador e outras obras nas capitais sedes do torneio. Como não conseguiram desmoralizar o evento, agora querem jogar a culpa da derrota da seleção em Dilma”, afirmou, em discurso na Câmara dos Deputados, na segunda-feira (14).

Valmir disse que não admite ouvir discursos da direita – “aquelas aves de agouro” – culpando a presidente por a seleção brasileira não ter sido campeã. “A presidente da República não é treinadora, não escolheu o treinador. A presidente não é presidente da CBF [Confederação Brasileira de Futebol]”, salientou.

Em seu discurso, o deputado petista também sugeriu à presidente da República e ao ministro do Esporte, Aldo Rebelo, a criação de uma conferência para debater o esporte no Brasil:

“Temos de aproveitar este momento para criar meios de dar transparência ao futebol. É preciso fortalecer o trabalho de base. Sugiro, inclusive, à presidente da República a construção de uma Conferência Nacional de Futebol, do mesmo jeito que fizemos a conferência da saúde e a da educação, para discutir com todos os segmentos da sociedade o futebol, que é uma paixão da população”.

TAGS: