Prefeito de Nova Viçosa exagera no pagamento de diárias em proveito próprio

28/04/2011 - 10:31 |

 

REDAÇÃO

O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) multou em R$ 15 mil o prefeito de Nova Viçosa, Carlos Robson Rodrigues da Silva, pelo pagamento exagerado de diárias em proveito próprio, no exercício de 2009. Nova Viçosa fica no Extremo Sul do Estado, distante 989 quilômetros de Salvador.

O relator, conselheiro Fernando Vita, apontou o pagamento exagerado de diárias em proveito do próprio prefeito, no valor total acumulado de R$ 50.400, em desacordo com os princípios da razoabilidade e economicidade, uma vez que os valores, entre R$ 750 e R$ 1.050, teriam sido pagos ao longo de todo o ano, podendo significar o pagamento de salário indireto.

A relatoria destacou que durante o exercício de 2009 o denunciado recebeu de subsídios o total de R$ 180 mil, enquanto que de diárias somaram R$ 50.400, equivalentes a 28% de seus vencimentos anuais.

O prefeito, mesmo notificado, não apresentou qualquer manifestação ou defesa, mas ainda pode recorrer da decisão do tribunal.

Na semana passada, o prefeito Carlos Robson recebera outra multa do TCM, no valor de R$ 20 mil, por contratar, sem licitação, os serviços de uma empresa de advocacia, entre outras irregularidades.

TAGS: