Micareta de Feira de Santana começa na quinta, com policiamento reforçado

17/04/2012 - 13:33 |

 

REDAÇÃO

Para garantir a segurança dos foliões durante a Micareta de Feira de Santana, que começa nesta quinta (19) e vai até a madrugada de segunda (23) , mais de 270 policiais civis, entre delegados, escrivães e investigadores, estarão atuando no município, num trabalho conjunto com a Polícia Militar, o Ministério Público e o Poder Judiciário.

O esquema de policiamento para a festa, que tem um circuito de quatro quilômetros na Avenida Presidente Dutra, começa oficialmente às 8h desta quinta-feira (19), prosseguindo até as 8h de segunda-feira (23).

De acordo com o diretor do Departamento de Polícia do Interior (Depin), delegado Edenir Macedo, uma das inovações para a Micareta de Feira foi o treinamento em prática policial, promovido durante três semanas pela Academia da Polícia Civil (Acadepol) para os servidores que farão a segurança da festa.

Durante a Micareta de Feira de Santana – segundo município mais populoso da Bahia e considerado o maior entroncamento rodoviário do Norte e Nordeste – estarão funcionando seis postos policiais integrados, que permitirão o registro de qualquer tipo de ocorrência, inclusive envolvendo custódia de presos.

Os postos serão instalados nas imediações da Igreja dos Capuchinhos, no Colégio Estadual de Feira de Santana e na Rua Barão do Rio Branco (transversal da Avenida Presidente Dutra), entre outros trechos do circuito.

Duas centrais de flagrante funcionarão no Complexo Policial Investigador Bandeira e no Colégio Estadual de Feira de Santana, onde haverá ainda uma unidade da Delegacia para o Adolescente Infrator e uma Delegacia Especial de Área, que, entre as atribuições, fará o registro de extravio de documentos.

A cobertura policial da Micareta contará com dez câmeras instaladas ao longo dos quatro quilômetros do circuito. O centro de monitoramento desses equipamentos também funcionará no Colégio Estadual de Feira, situado entre a Avenida Maria Quitéria e a Avenida Presidente Dutra.

A Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes manterá policiais à paisana nas ruas da cidade, averiguando e reprimindo situações de consumo e tráfico de drogas, num trabalho conjunto com o Grupo Força Azul.

Equipes do Departamento de Crimes Contra o Patrimônio e da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher, instalada naquele município, vão reforçar o policiamento.

O emprego de pistolas taser, arma não letal que dispara uma carga elétrica imobilizante, está entre as novidades desta Micareta de Feira. Os policiais foram treinados pela Coordenação de Operações Especiais para a utilização do equipamento.

Outra inovação tecnológica, o celular BlackBerry contendo o programa Mobilidade em Operações Especiais, estará à disposição das equipes do Grupo Força Azul. Por meio desse aparelho pode-se obter qualquer dado sobre pessoas detidas ou bens apreendidos, armazenados no sistema de informação da polícia.

TAGS: