“Ele vive um momento delicado, não vou jogar pedra”, diz FHC sobre Lula

26/09/2016 - 9:19 |

 

REDAÇÃO

O ex-presidente da República Fernando Henrique Cardoso (PSDB) preferiu não julgar o também ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que virou réu na Operação Lava Jato. Em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, FHC afirmou que o assunto é da Justiça e que não quer “jogar pedra” no petista: “ele vive um momento delicado, e não acho que corresponda a mim, que fui presidente e o conheço de outras épocas, agravar. Isso, agora, é a Justiça quem vai ter que decidir. Não quero jogar pedra no Lula”, disse.

FHC falou ainda sobre as denúncias que envolvem Lula, feitas pelo Ministério Público Federal (MPF). “Vi partes. O Ministério Público, ao tentar mostrar que o Lula era o responsável maior, obscureceu a outra questão, que é a mais importante: houve ou não crime de favorecimento pessoal? Se ele foi o responsável maior, não é ponto de partida, é ponto de chegada. Isso não diminui a necessidade de responder a outro quesito: houve desvio de finalidade dos recursos?, questionou.

TAGS: