Um dos assassinos do delegado Clayton Leão é preso no MS

9/09/2014 - 17:29 |

 

REDAÇÃO

Foto: Divulgação/SSP

Um dos autores do assassinato do delegado Clayton Leão (foto), em maio de 2010, na Estrada das Cascalheiras, no município de Camaçari, Região Metropolitana de Salvador, foi preso, no último final de semana, por investigadores do Grupo de Apreensão e Captura (Grac). Renildo Nascimento de Jesus, de 37 anos, estava foragido desde janeiro de 2011, quando escapou do Complexo dos Barris, em Salvador. A prisão ocorreu no município de Três Lagoas, no estado do Mato Grosso do Sul.

De acordo com a polícia, criminoso foi localizado num alojamento de trabalhadores, na Rua Alfredo de Castilho, no bairro Santa Rita, no município sul-matogrossense, no dia 14 de agosto. Conduzido pelos policiais à 3ª Delegacia de Três Lagoas, Renildo teve o mandado cumprido pelo delegado da unidade Orlando Vicente Abate Sacchi.

Estrada das Cascalheiras - Clayton Leão foi morto enquanto concedia entrevista a uma rádio de Camaçari, na manhã do dia 26 de maio de 2010. Ele estacionou o veículo na Estrada das Cascalheiras, que liga a Linha Verde ao município da Região Metropolitana, quando foi abordado pelos criminosos e baleado na cabeça.

Segundo o diretor adjunto do Departamento de Homicídios da Bahia, delegado José Bezerra, além de Clayton Leão, o criminoso é acusado por outro assassinato. Na noite de 5 de janeiro de 2011, na Avenida Pinto de Aguiar, Renildo, junto com dois comparsas, na tentativa de roubar um veículo, deflagrou dois tiros contra Jair Rosado Nascimento Oliveira, que morreu ainda no local. Ele chegou a ficar custodiado no Complexo dos Barris, fugindo dias depois.

Suspeito de cometer vários assaltos em Camaçari e ter envolvimento em outros homicídios na cidade, Renildo está preso na Unidade Especial Disciplinar (UED), do Complexo Penitenciário de Mata Escura, onde aguardará julgamento dos crimes praticados.

TAGS: