Segurança pública desafia as três esferas de governo, diz deputado

10/06/2013 - 9:37 |

 

REDAÇÃO

Foto: Divulgação

Os elevados índices de crimes violentos registrados na capital baiana e região metropolitana de Salvador indicam a necessidade de o Governo da Bahia repensar as ações na área da segurança pública e articular as três esferas de governo para um trabalho conjunto. Esta é a opinião do deputado capitão Tadeu (PSB): “O policial precisa de motivação, qualificação, melhores salários e um plano de carreira”, citou, entre as prioridades.

O deputado falou sobre o assunto durante o programa ‘Bahia Com Tudo’, da Tudo FM (102,5). “O policial está insatisfeito e o governo ainda precisa investir mais em viaturas e helicópteros, por exemplo”, disse. “Isto é essencial para conter a criminalidade no interior do Estado também”.

Três esferas – A implementação de medidas objetivas e estruturantes requer também, segundo o deputado, uma articulação das autoridades municipais e federais para o fortalecimento da segurança pública.

O combate à violência requer ação sistêmica, envolvendo os mais diversos atores. “Existe a convicção de que a segurança pública é uma atribuição dos governos estaduais e durante muito tempo as prefeituras ficaram ausentes deste trabalho”, observou. “É preciso mudar isso. Governos federal, estadual e municipal juntos podem melhorar as ações preventivas e repressivas”, defendeu.

A iluminação pública, o transporte, o policiamento e o video-monitoramento são itens relevantes das políticas de prevenção da violência, explicou. “Os municípios estão falidos e alegam suas dificuldades para assumir novas atribuições. Mas se for preciso, deve-se até promover uma reforma do pacto federativo para garantir recursos às administrações municipais”.

Sobre a criação das bases comunitárias de segurança, o deputado fez um alerta: “Contribuem para redução da violência nos locais onde foram instaladas. Mas a expansão do crack, a droga e o tráfico alimentam permanentemente a violência. Significa que a violência diminui onde foi instalada uma base comunitária de segurança e se desloca para outros lugares. Este é o grande risco”.

SERVIÇO

Programa Bahia Com TudoTudo FM (102,5)

De Segunda a Sexta, das 17h50 às 19h

Apresentação: Andrea Mendonça, Lenilde Pacheco e André Spínola

TAGS: