Governo quer iniciar obras do VLT no subúrbio até novembro

8/08/2015 - 11:44 |

 

REDAÇÃO

Com orçamento de R$ 1,1 bilhão, as obras do veículo leve sobre trilhos (VLT) no Subúrbio Ferroviário de Salvador devem ser iniciadas em novembro. A informação foi confirmada pelo secretário estadual da Casa Civil, Bruno Dauster. O custo das intervenções será dividido entre os governos estadual e federal.

De acordo com Dauster, o edital de  licitação deve ser assinado no dia 14 de agosto e a construção, iniciada em até 90 dias após a assinatura.

A presidente Dilma Rousseff foi convidada para a cerimônia de publicação do edital, mas a Casa Civil ainda aguarda resposta do Planalto.

As obras têm previsão de ocorrer em três etapas: do Comércio até a Lapa; de Plataforma até a avenida São Luís, em Paripe (que liga o bairro à  estrada da Base Naval de Aratu); e do Comércio à  Lapa. As duas últimas fases serão executadas ao mesmo tempo.

O percurso do modal entre o Comércio e Paripe terá 18,4 km,  4,8 km a mais que o percurso atual dos trens.O trecho entre o Comércio e a Lapa, que passa por definição,  terá cerca de 1,5 km. “Essa parte terá um túnel, um viaduto e, provavelmente, uma parada na Barroquinha”, adiantou o gestor.O trajeto dos trens será aproveitado, embora totalmente revitalizado e integrado com o meio urbano.

Durante as intervenções, um transporte alternativo será disponibilizado para  a  população.A obra envolverá a reforma e construção da linha permanente, das paradas, implantação dos sistemas de eletricidade e comunicação e urbanização da faixa de domínio.