Fim da greve dos bancários será discutido em assembleia

26/09/2012 - 9:08 |

 

REDAÇÃO

A decisão de retomar o funcionamento de 760 agências bancárias na Bahia, fechadas por conta de greve nacional, deve sair de assembleia marcada para as 18h30 desta quarta-feira (26), quando será discutida a proposta feita na noite de terça pela Federação Nacional de Bancos (Fenaban), que concede aumento de 7,5% à categoria, em greve desde o dia 18 deste mês.

A Bahia possui 1033 agências bancárias, 260 em Salvador, sendo que 253 unidades na capital ainda permanecem de portas fechadas.

A assembleia acontecerá no Ginásio de Esportes, nos Aflitos, em Salvador. De acordo com informações do Sindicato dos Bancários do Estado da Bahia, a tendência é que a categoria decida pelo fim da greve, seguindo indicativo nacional.

Proposta - O comando nacional de greve considerou positiva a proposta feita ontem pela Fenaban (7,5%), apesar de estar abaixo do que pretendia a categoria (10,25%), e recomendou aprovação do acordo nas assembleias regionais.

A proposta da Fenaban além de conceder reajuste de 7,5% (2% de aumento real), eleva do piso da categoria e o valor do vale-refeição e vale-alimentação em 8,5% (2,95% de reajuste sobre a inflação).

Antes da greve, iniciada na última terça-feira (18), os bancos tinham proposto elevar os salários da categoria em 6%, o que garantiria um ganho real de 0,58%.

Caso a proposta dos banqueiros seja aprovada nas assembleias desta quarta, o funcionamento dos bancos deve ser normalizado na quinta-feira (27).

TAGS: