Ausente no 1° debate na TV, Neto é alvo de críticas

23/09/2016 - 7:28 |

 

REDAÇÃO

Sem a presença do prefeito ACM Neto (DEM), alvo de críticas dos outros seis candidatos à prefeitura de Salvador, o debate promovido pela TVE Bahia na noite desta quinta-feira, 22, foi morno, com raros ataques mútuos entre os presentes. Por outro lado, eles não perdiam a oportunidade de criticar o candidato do DEM em cada tema que tratavam.

No primeiro bloco um tema era sorteado para um candidato também sorteado responder e o destino apontou  para a candidata Célia Sacramento (PPL). Foi escolhida para descrever como combateria a corrupção. Elenão repetiu o que declarou contra ACM Neto ao jornal A TARDE, suspeitando de obras superfaturadas na gestão e o aumento do patrimônio do prefeito (o que levou Neto a processá-la). Preferiu uma resposta genérica. Disse que combateria corrupção com “pratica de governança, transparência e controle”.

Alice Portugal (PCdoB) sorteada para responder sobre o desemprego, culpou a “crise internacional e as opções erradas do prefeito”.  Garantiu que se eleita “camelô não vai apanhar”.

Fábio Nogueira (PSOL), perguntado sobre segurança pública, falou da proposta do seu partido de descriminalizar as drogas começando pela maconha. Rogério Da Luz prometeu cortar 30% do orçamento, em especial eliminando cargos de indicação política. Cláudio Silva (PP) disse que melhorará a educação caso eleito.

TAGS: