João Henrique ingressa no PSL tenta afastar inelegibilidade

15/09/2013 - 7:04 |

 

REDAÇÃO

Ex-prefeito João Henrique - Foto: PSL

Na reta final do prazo de filiações válidas para as eleições de 2014, o ex-prefeito João Henrique ingressou no PSL da Bahia neste sábado (14). Acompanhado da mulher, Tatiana Paraíso, ele fez discurso de candidato, ganhou elogios de correligionários e chorou, como sempre.

Na conversa com jornalistas, se declarou confiante na possibilidade de vencer os obstáculos jurídicos que o afastam de uma candidatura em 2014. O ex-prefeito tem três contas rejeitadas em função de irregularidades apontadas pelo TCM, o que pode torná-lo inelegível.

João Henrique disse que confia em Deus e em seu advogado – ninguém menos que o Diretor da Faculdade de Direito da Universidade Federal da Bahia, o renomado Celso Castro – para garantir o direito de disputar uma cadeira de deputado.

Orientado por seu advogado ou não, João Henrique se apresentou como vítima: “Ninguém acredita em João Henrique”, disse em relação a si mesmo. “Estão querendo me deixar inelegível”.

Adiante, comparou-se a lideranças políticas brasileiras como João Goulart e Leonel Brizola, que sofreram perseguições políticas, durante a Ditadura Militar. “Hoje, usam outros métodos, outros meios, para deixar a gente inelegível”.

O ato de filiação ocorreu na sede da Associação Baiana de Supermercados (Abase), no Jardim Armação. Entre os políticos presentes, parlamentares da Assembleia Legislativa e vereadores considerados seus fieis aliados.

João Henrique já foi filiado ao PDT, PMDB e PP.

LEIA MAIS:

MP pede indisponibilidade dos bens de João Henrique

João Henrique estreia no rádio

 

TAGS: