Petrobras vai encerrar todas as atividades de exploração de petróleo em solo baiano

20/02/2016 - 14:42 |

 

REDAÇÃO

Foto: Arquivo

Até o mês março, a Petrobras vai encerrar todas as atividades de exploração de petróleo em solo baiano. Com a decisão, mais de 340 funcionários terceirizados serão demitidos no estado. A informação foi divulgada pela empresa neste final de semana. Os trabalhadores demitidos são ligados à empresa privada Lupatech, que mantém sondas alugadas à estatal. Com a decisão, devem ser demitidos outros trabalhadores terceirizados que atuam nas áreas de transporte, serviços especiais e alimentação.

De acordo com informações do Sindicato dos Petroleiros da Bahia (Sindipetro),além dos terceirizados, a Petrobras conta, no Nordeste, com mil funcionários concursados atuando em diversos locais e funções. Até o momento, a estatal não informou o destino destes empregados.

Com o processo, serão impactados 25 blocos de exploração de petróleo na Bahia. O Estado, que já chegou a produzir 40 mil barris de óleo por dia, agora se limita a um pouco mais da metade desse número.

Segundo informações da Agência Nacional de Petróleo (ANP), as ações de contingência na Bahia integram o programa de redução de investimentos da empresa, que pretende cortar cerca de R$ 7 bilhões este ano.

 

TAGS: