Transalvador monta esquema para reduzir tráfego no Carnaval

18/01/2015 - 11:01 |

 

REDAÇÃO

Moradores de bairros localizados no entorno do circuito do Carnaval de Salvador precisarão de cadastramento específico para ter acesso às regiões onde moram, durante os dias de folia. Isto porque a Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador) decidiu dividir os bairros localizados nas proximidades do circuito Dodô (Barra-Ondina) e Osmar (Campo Grande) por meio de cores – serão cinco no total -, na tentativa de reduzir a circulação excessiva de veículos nos arredores da festa.

De acordo com as informações, a operação deste ano é a maior já realizada pelo órgão durante o Carnaval. As cinco zonas escolhidas pela Prefeitura dizem respeito às seguintes localidades: Barra e da Ondina (adesivo vermelho); Graça, Avenida Centenário, Chame-Chame e Vitória (roxo); Praça Dois de Julho e Rua Banco dos Ingleses, no Campo Grande, a  e na Araújo Pinho, no Canela (verde); Barris, a Avenida Sabino Silva, Calabar, Jardim Apipema, Morro do Gato e o Largo do Camarão (amarelo).

A zona marrom corresponde aos moradores cujas casas se localizam entre a Avenida Adhemar de Barros, em Ondina, no trecho da Avenida Oceânica entre o Instituto Social da Bahia (Isba) e a Paciência; além das ruas Euricles de Matos e Vila Matos, no Rio Vermelho.

O morador que possuir adesivo referente a uma região não poderá ter acesso a outra zona, de acordo com o órgão de trânsito.

A Transalvador ainda não anunciou a data para início do cadastramento.

TAGS: