Projeto do BRT é assinado pela prefeitura de Salvador

16/09/2016 - 14:08 |

 

REDAÇÃO

Na manhã desta sexta-feira (16), o prefeito ACM Neto (DEM) assinou com a Caixa Econômica Federal a liberação dos recursos para a implantação do BRT de Salvador.  A solenidade, realizada no Palácio Thomé de Souza, teve a participação do ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima (PMDB).

O edital do trecho 1 deve ser lançado até outubro. A obra terá um investimento de R$ 421 milhões da prefeitura de Salvador em parceria com o Governo Federal e mais R$ 408 milhões provenientes de contratos com a Caixa Econômica Federal.

Segundo o prefeito, o projeto prevê um corredor exclusivo para veículos do sistema BRT, além de melhorias para a mobilidade da cidade como a implantação de um sistema viário com faixas de fluxo contínuo nas avenidas Juracy Magalhães e Antônio Carlos Magalhães (ACM).

Estão previstos ainda um complexo de viadutos, obras de macrodrenagem, implantação de ciclovias. Ainda segundo o prefeito, as intervenções vão evitar passarelas, focando na acessibilidade. A gestão do projeto será responsabilidade da Secretaria de Mobilidade (Semob), enquanto parte da obra vai ser executada pela Secretaria de Infraestrutura.

Trecho 2

Já no trecho, serão construídos três viadutos, com dois elevados além de três estações do BRT.  ”O trecho 2 terá investimento de R$ 412 milhões. R$ 300 milhões do orçamento geral da União e R$ 112 milhões do programa de financiamento das contrapartidas do Programa  de Aceleração  do Crescimento”, disse Neto.

TAGS: