Parlamentares querem ampliar debate sobre a reforma política

16/02/2011 - 8:07 |

 

LENILDE PACHECO

Foto: Moreira Mariz/Agência Senado

Deputados e senadores iniciam nesta quarta-feira (16) a coleta de assinaturas entre os colegas das duas Casas (171 na Câmara e 27 no Senado) para legitimar pedido de criação de uma frente mista destinada à ampliação do debate sobre a reforma política. A ideia é lançar a frente durante um ato político, no dia 23 de março.

Na avaliação dos parlamentares que discutiram o assunto ontem (15), no Senado, se a discussão da reforma política ficar restrita às comissões específicas já criadas no Senado e na Câmara, sem incluir mobilização popular, as alterações a serem feitas na legislação vão beneficiar exclusivamente os grandes partidos, fazendo com que as legendas menores sejam reunidas em uma só e fiquem excluídas do processo político.

A reunião de ontem foi realizada na liderança do PSB, onde estiveram as senadoras Lídice da Mata (PSB-BA), Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) e Marinor Brito (PSOL-PA), os senadores Antônio Carlos Valadares (PSB-SE), Rodrigo Rollemberg (PSB-DF), Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) e José Pimentel (PT-CE); o deputado Chico Alencar (PSOL-RJ) e a deputada Luiza Erundina (PSB-SP).

Democratização – Durante a reunião, a senadora Lídice da Mata disse que além da ampla participação popular, a reforma política deve contemplar a democratização dos acessos da população ao processo político do país. Ela citou como exemplo dessa barreira o custo das campanhas políticas, principalmente para deputado, o que torna a disputa eleitoral cada vez mais elitista.

TAGS: