Bancários da Bahia paralisam atividades por tempo indeterminado

30/09/2014 - 8:11 |

 

REDAÇÃO

Foto: Tânia Rego/ Agência Brasil

Bancários da Bahia aderem à greve nacional – que atinge os 26 estados e o Distrito Federal – e paralisam atividades por tempo indeterminado, a partir desta terça-feira (30). Na Bahia, a decisão foi tomada após assembleia realizada na noite de segunda-feira (29), no ginásio de esportes da categoria, localizado no Centro de Salvador. Em campanha salarial, os trabalhadores exigem reajuste de 12,5%, com ganho real de 5,4%.

Segundo o Sindicato dos Bancários da Bahia, mesmo depois de diversas rodadas de negociações, os patrões não aceitaram subir o teto estipulado de 7% para este ano. A decisão pela greve teve apenas uma abstenção.

Às 18h30 de quarta-feira (1º), os trabalhadores voltam a se reunir em assembleia, para discutir os rumos do movimento.

No total, o sindicato dos bancários e a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) se reuniram em sete oportunidades no segundo semestre de 2014. Entretanto, até o momento estão longe de um acordo que seja razoável para as partes.

Além da Bahia, a categoria cruza os braços no Distrito Federal e nos seguintes estados: Acre, Amapá, Alagoas, Ceará, Espírito Santo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Maranhão, Minas Gerais, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina, São Paulo e Sergipe.

TAGS: