Página principal

A crise aeroportuária tem solução

19/06/2011 - 17:39 |

 

JORGE JAMBEIRO*

Qualquer um que viaja de avião percebe claramente o despreparo das empresas aéreas e a saturação cada vez maior dos aeroportos, levando os brasileiros, muitas vezes a situações vexatórias. De acordo com os estudos divulgados pelo Instituto de Políticas Econômicas Aplicadas (Ipea), dos 20 maiores aeroportos brasileiros, 17 operam hoje acima da capacidade. Leia mais

Viabilidade e importância do BRT para Salvador

13/06/2011 - 19:04 |

 

JORGE JAMBEIRO*

O arquiteto Jaime Lerner citou numa das suas inúmeras conferências sobre a questão da mobilidade urbana nas cidades brasileiras: “Não existe um sistema ideal. O BRT é o mais barato e de implantação mais fácil. O segredo é jamais tentar competir modais. Eles devem ser complementares e integrados”. Leia mais

TAGS:

O Metrô Calça Curta

8/02/2011 - 19:09 |

 

JORGE JAMBEIRO*

  Mesmo após 11 anos do início das obras, em 1999, o Metrô de Salvador ainda guarda a merecida alcunha de “Metrô Calça Curta”. O seu projeto original, dividido em quatro etapas (todas elas estariam concluídas em 2010), tinha como objetivo a criação de dois grandes corredores: o corredor Norte-Sul ligando os bairros de Cajazeiras e Pirajá à Lapa; e o corredor Leste-Oeste ligando a região da Calçada ao bairro de Mussurunga passando pelo polo Iguatemi-Rodoviária. Era um total de 48 km de Metrô. A situação agora é no mínimo estarrecedora: dessas quatro etapas do Metrô restou-nos apenas a metade… Leia mais

Lobão apagado

5/02/2011 - 19:07 |

 

JORGE JAMBEIRO*

Calma! Ninguém tirou o roqueiro do ar. Quem está tonto com o apagão é o Lobão da cota do “Sir Ney”, como escreve o Millôr.

Leia mais

Respeito à natureza

31/01/2011 - 16:45 |

 

JORGE JAMBEIRO*

Diante da tragédia que envolveu o Sudeste e o Sul, e de modo especialmente trágico a região serrana do Rio de Janeiro, fala-se na surpresa das catástrofes naturais, como se não tivéssemos já alcançado um conhecimento suficiente da dinâmica da natureza para encontrar os caminhos que evitem tantas mortes e tanta destruição. É verdadeiro dizer, nesses episódios, que todos pagam. Mas é inegável que o preço mais alto, em todos os sentidos, em vidas inclusive, é pago pelos mais pobres. Leia mais

© Copyright 2010, Tempo Exato Comunicação - Proibida a reprodução total ou parcial.